Sustentabilidade para resfriar concreto

Com o uso de nitrogênio, processo proporciona redução no uso de água e energia

O resfriamento do concreto de uma obra é importante para manter a integridade da estrutura durante o uso da edificação. Com isso, o risco de rachaduras e outros tipos de fissura é reduzido. Neste ponto, já existe um ganho para a sustentabilidade, uma vez que a construção vai durar muito mais e a quantidade de intervenções de manutenção é reduzida, evitando o uso de mais materiais.

Mas e se esse processo pudesse proporcionar ainda mais sustentabilidade para a construção civil? Foi pensando nisso que a empresa Air Liquide desenvolveu um sistema para resfriamento de concreto para eliminar o uso de gelo. A solução, batizada como CryoCrete, consiste na aplicação de nitrogênio nas betoneiras, proporcionando o resfriamento até a temperatura adequada para o uso. Com isso, o uso do gelo é eliminado, proporcionando reduções consideráveis no uso de recursos: primeiramente, no uso de energia, já que a produção de gelo com o uso de máquinas é eliminada. Contudo, a redução no uso de água para a produção deste gelo é um ponto ainda mais forte para a sustentabilidade.

O nitrogênio é um gás que, naturalmente, já se encontra em baixas temperaturas, de até -196°C.Por isso, existe um ganho também no tempo de resfriamento: com a solução da Air Liquide, o processo acontece de 6 a 7 minutos, enquanto no processo a gelo, leva de 15 a 20 minutos.